skip to content

Apoio ao estudante

MORADIA ESTUDANTIL

Possibilidades de moradia de propriedade da Universidade: 
 
Ouro Preto
Alojamento: possui 64 quartos individuais e fica localizado no Centro de Convergência, campus Morro do Cruzeiro. A seleção é feita por meio de uma avaliação socioeconômica. 

Apartamentos: Bauxita: 96 vagas divididas em 24 apartamentos, localizados na Villa Operária, próximo ao campus Morro do Cruzeiro. Critério de seleção de moradores: classificação socioeconômica, regulada por edital específico, publicado de acordo com a liberação de vagas.

Vila Universitária:  as moradias foram concluídas recentemente. A Vila possui oito casas, totalizando 160 vagas. As casas são adaptadas para pessoas com deficiência física.

As moradias foram concluídas recentemente. A Vila possui oito casas, totalizando 160 vagas. As casas são adaptadas para pessoas com deficiência física.

Repúblicas Federais: são os imóveis que a Universidade cede aos alunos para a moradia estudantil. Em Ouro Preto são 59 repúblicas, espalhadas pelo centro histórico de Ouro Preto. Às moradias é assegurada a autogestão, em que cada casa tem seu regimento interno. Cada moradia tem um critério de seleção próprio que dura três meses, e no qual é avaliado o espírito de solidariedade e senso de comunidade.
 
Mariana
Conjunto I: são sete casas pertencentes à Instituição que se localizam próximo ao Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS). 
Conjunto II: são quatro casas com nove quartos duplos, sala, cozinha, banheiros e área de serviço; quatro apartamentos com seis quartos duplos, sala, cozinha, banheiros e área de serviço, localizado no bairro Nossa Senhora do Carmo. A seleção é feita por critérios socioeconômicos. 

João Monlevade
A UFOP não possui moradias no campus João Monlevade. Por isso, são ofertadas bolsas de auxílio moradia a fim de suprir a demanda dos estudantes. 

Deficientes
As novas moradias estudantis em Ouro Preto, na Vila Universitária, são adaptadas para pessoas com deficiência física. 

Outras opções: 
Repúblicas Particulares também são outra opção de moradia para os alunos em Ouro Preto, Mariana e João Monlevade. São aquelas onde grupos de estudantes se unem e alugam um imóvel particular, dividindo os custos referentes à manutenção da casa. A UFOP colabora com o apoio jurídico, por meio de projeto de extensão do curso de Direito, no que diz respeito ao relacionamento com os locatários.
Durante as matrículas dos calouros, alunos moradores das repúblicas federais e particulares divulgam as vagas existentes. Todas as Repúblicas possuem um custo referente à manutenção da casa.

RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS

Atendem a comunidade universitária (estudantes e servidores), produzindo refeições dentro dos padrões nutricionais que garantam a qualidade, higiene, equilíbrio e balanceamento. Há ainda a opção vegetariana nos cardápios dos restaurantes. 
Os restaurantes estão distribuídos nos campi de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade. Disponibiliza os créditos automaticamente a cada início de mês para os estudantes que possuem bolsa-alimentação. 

ESPORTE

O Centro Desportivo (Cedufop), por meio de projetos de extensão, oferece à comunidade diversas atividades físicas e de lazer. Funciona durante todo o dia e a noite, durante todos os dias da semana, com horários flexíveis, justamente para estimular a prática do exercício. 
Há projetos voltados para públicos de várias idades e há também aqueles que contemplam grupos com necessidades específicas. São oferecidos atualmente: 
- Programa Ouro Preto, saúde e Movimento: estão vinculados a esse projeto as aulas de atividade física para diabéticos, as aulas de aerodance, as aulas de ginástica coletiva e o ensino de lutas para crianças e adultos (Aikido, Jiu-Jitsu, Judô, Karatê e Taekwon-dô); 
- Musculação e qualidade de vida;
- Escola de ginástica artística e de trampolim;
- Exercício resistido e envelhecimento humano;
- Escola de futsal (equipes de formação e competição para crianças e jovens - de 5 aos 17 anos);
- Ensino de futebol de campo (também voltado para o público infantil);
- Voleibol universitário.

PROGRAMAS DE BOLSAS

Os Programas de Assistência Estudantil oferecem bolsas aos alunos presenciais que demandam auxílio socioeconômico. De um total de cerca de 11 mil alunos matriculados em cursos presenciais, cerca de 2.200 são assistidos pelo Programa de Bolsas. 

Para ter acesso ao Programa de Bolsas, o estudante deve: (i) estar regularmente matriculado; (ii) preencher o Cadastro para Programas de Assistência Estudantil (CPAE), disponível na plataforma Minha UFOP; (iii) apresentar toda a documentação exigida, em caso de pré-aprovação na avaliação socioeconômica; (iv) ser aprovado na avaliação socioeconômica.

Categorias de auxílio - A avaliação socioeconômica da PRACE divide os alunos que solicitam auxílio em cinco categorias, que vão da categoria (A) — que contempla estudantes que, em função da condição socioeconômica familiar desfavorável, possuem alto grau de dificuldade em permanecer na Instituição e obter desempenho acadêmico satisfatório — até a categoria (E) — dos estudantes que não possuem dificuldade em permanecer na instituição e obter desempenho acadêmico satisfatório, mesmo sem auxílio. Essas categorias determinam também o percentual da bolsa com que o estudante será contemplado, que vai desde a bolsa integral a valores parciais de 75, 50 até 25%. O público prioritário é o de renda per capita de um salário mínimo e meio. Essa determinação é feita pelo Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES).

Na lei, de dezembro de 2016, com portaria normativa do MEC em 5 de maio de 2017

CENTRO DE SAÚDE: Assistência à saúde

As ações na área de saúde ocorrem em Ouro Preto, onde está localizado o Centro de Saúde/UBS Bauxita, onde são oferecidas consultas gratuitas em diversas áreas (clínica médica, pediatria, ginecologia, enfermagem, nutrição, psicologia etc.), além de vacinas e imunizações. O centro é conveniado à Prefeitura Municipal de Ouro Preto (PMOP) e ao Sistema Único de Saúde (SUS), atendendo os estudantes e servidores da universidade. É também suporte aos cursos de Farmácia, Medicina e Nutrição. 

Ambulatório Escola: oferece consultas em diversas especialidades médicas, realizadas na modalidade professor/aluno, oferecendo os seguintes serviços:

• Serviço odontológico: em nível básico, por meio de atendimento com Técnicos de Higiene Bucal (THB) e dentistas.
• Serviço social: é oferecido aos servidores a partir de procura individual ou quando há encaminhamento pelo Subsistema Integrado à Saúde do Servidor (SIASS) através das Perícias de Saúde. Em relação aos estudantes, o trabalho é realizado pelo Serviço Social da Prace.
• Acompanhamento psicológico: para os estudantes o serviço é ofertado por meio do Programa Portas Abertas e para os servidores a demanda é espontânea e por encaminhamentos da Perícia de Saúde do SIASS e da CGP.

Grupo Interdisciplinar de Estudos sobre Álcool e outras Drogas (GIAD): o objetivo é desenvolver ações de pesquisa, prevenção e atenção ao uso e consumo de álcool e outras drogas. 

Equipe multidisciplinar: todas as ações da UFOP na área de saúde são desenvolvidas por uma equipe interdisciplinar e orientadas para a prevenção e promoção da saúde. Trata-se de um trabalho educativo, direcionado para toda a Universidade, distribuído nos seguintes programas e projetos: 

• Mais Saúde: programa de prevenção e promoção à saúde com ações nos campi nas datas comemorativas relacionadas à saúde.
• Com TATO: projeto de promoção à saúde realizado na sala de espera do Centro de Saúde, com temas relacionados à saúde e ao bem-estar, voltado para os clientes que aguardam atendimento.
• Hiperdia: projeto de promoção à saúde com temas relacionados à hipertensão arterial e diabetes mellitus.
• Cantinho da amamentação: local destinado às lactantes para alimentação de seus filhos.

 

AUXÍLIO À ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

 

APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS